Júlia Abagge de Macedo França, Advogado

Júlia Abagge de Macedo França

Salvador (BA)
31seguidores26seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

Advogada originária de Curitiba, formada no Rio Grande do Sul e vivendo na Bahia.

Principais áreas de atuação

Direito de Família, 30%

É o direito que indivíduos ou organizações têm de controlar o acesso a recursos ou ativos de que ...

Direito Civil, 30%

É o ramo do direito público interno dedicado à análise e interpretação das normas constitucionais...

Direitos Humanos, 23%

São formalizações de requisições de pagamento de determinada quantia, superior a 60 salários míni...

Direito Penal, 15%

É um ramo do direito público surgido da conquista dos direitos sociais no fim do século XIX e iní...

Comentários

(48)
Júlia Abagge de Macedo França, Advogado
Júlia Abagge de Macedo França
Comentário · há 7 meses
Aí que tá. Acreditar que quando os outros precisam não existe Direitos Humanos é, novamente, não saber o que são DH.
Os DH estão em todos os âmbitos da vida daquela pessoa. Resumir uma coisa tão grandiosa somente ao âmbito criminal é extremamente simplista.
A pessoa não precisa de boas condições de trabalho? Pois isso faz parte dos Direitos Fundamentais (Direitos Humanos) , que se manifestam através da
CLT (não perfeitas, ok - temos inúmeras falhas)
A pessoa não precisa ter o direito ao processo? Pois é - adivinha o que é isso? Direitos Humanos.
A pessoa não precisa ter privacidade? Saúde? Todo o conforto da vida do cidadão que na verdade é visto hoje como algo "normal", é na verdade, Direitos Humanos.

O problema é que ninguém sabe desvincular e ver como é - um ramo do Direito - um conjunto de normas e princípio.
Dizer que não existe direitos humanos pra quem é vítima de algum crime é equivocado e simplista.
Sim, sabemos que não é como queríamos que fosse - infelizmente o Estado tem muita dificuldade em, muitas vezes, punir os culpados.

Outro ponto é dizer que existem "tantos defensores de criminosos" e que eles não são esquecidos, enquanto as vítimas são.
Para você ter ideia, por conta das chacinas nos presídios, uma das propostas do Governo para conter novos casos de violência é que o Juiz, ao notar superlotação nas cadeias, cheque os presos que já cumpriram suas penas mas foram esquecidos e continuam presos - e então, os libere. Mas isso, claro, só depois de notar a superlotação. Em outros casos, tanto faz se o preso já cumpriu sua sentença.

O que acontece não é que existem "muitos" defensores de criminosos. O que acontece é que o povo não quer que exista nenhum, e que os criminosos apodreçam para sempre na cadeia.

Também, não é que "não existem defensores da sociedade". A Sociedade é defendida a todo momento. O problema é que infelizmente nosso sistema ainda é jovem e extremamente falho.

Recomendações

(65)
Sanaua Silva
Sanaua Silva
Comentário · há 6 meses
Dizer que esse texto é perfeito , seria uma covardia. Muito mais que perfeito. Doutora, parabéns. Penso 100% dessa forma , E acho que nosso povo, é alienado manipulado, o que é triste. Quando vejo postagem, que ninguém dos direitos humanos, esteve no velório da vítima.. . Nossa !! As vezes Sou até Grosso, quando vejo tamanha mediocridade intelectual. Tenho apenas o 1 ano do ensino médio. Mas me considero bem informado, ou tento ser. Por isso vai desculpando algum erro de escrita.
Tenho algumas reflexões escritas: gostaria de dividi las com você. Fim dos direitos humanos: você sofrerá, E pagará caro por isso: tenho visto na mídia e Internet, o apelo popular sobre fim dos direitos humanos, me pergunto, será que quem clama por isso sabe realmente O que estão pedindo??? (E como os que pedem Intervenção Militar) rsrsrs. Deviam deixar isso acontecer apenas por 5 minutos, para a massa perceber como falam, apoiam e compartilham absurdos. Voltemos ao caso: recentemente, os acusados de linchar e matar moça de Santos. Foram condenados há 25 , 30, 40 anos de prisão. São 5 pessoas. Mas poderia ser muito mais...veja essa conta: Pois quem paga por ela e você, alienado, manipulado e mal informado.
Se os direitos humanos da moça tivessem sido respeitados, quando implorava por sua vida, chamaria se a Polícia, ela seria presa, e tudo seria esclarecido... se fosse culpada, Julgada condenada e presa! Se fosse inocente, E era!!! Seria libertada. Saldo da intolerância: uma moça inocente, foi covardemente espancada, linchado e morta. 5 homens, condenados há muitos anos de prisão, nós vamos pagar café, almoço e janta. Não vão trabalhar, Pois não existe políticas sérias nesse quesito. Auxílio reclusão e etc. Serviram de fantoches para as facções, se forem mortos, o estado deve indenizar, E etc. Tinha cara que não tinha nem passagem por Polícia.. .olha só, quantas famílias destruídas, mães que choram, filhos que crescerão sem PAI, que com certeza, deverá ter um descambo à violência e o crime. Pense bem no que deseja "cidadão de bem" pois o fim desses direitos, será um monstro, que com certeza nos engolira. Sanaua silva

Perfis que segue

(26)
Carregando

Seguidores

(31)
Carregando

Tópicos de interesse

(10)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Salvador (BA)

Carregando

ANÚNCIO PATROCINADO

Júlia Abagge de Macedo França

Entrar em contato